O clube

Como nasceu, a atual Diretoria, a inspiração do escudo, seus uniformes

Depois de mais de 45 anos jogando botão, tendo vivenciado diversas experiências neste esporte e passado por muitos clubes, nas mais diferenças regras praticadas em Pernambuco, só agora  resolvi fundar um clube amador de Futebol de Mesa.

Todos aqueles que se envolvem com esporte amador, especialmente o Futebol de Mesa,  sabem quanto é difícil conseguir espaço permanente e reconhecimento da importancia de uma modalidade esportiva amadora na maioria dos clubes cujo “carro chefe” é sempre os esportes de massa, principalmente o Futebol Profissional.

Sempre tentei, em vão, implantar nos Clubes tradicionais do meu Estado uma estrutura que desse condições de se praticar o Futebol de Mesa.

Poucos abnegados, como, por exemplo, o amigo Atienza do Corinthians, conseguem a proeza de montar uma estrutura digna para a prática do Futebol de Mesa dentro do clube grande mostrando a importância da manutenção deste esporte aqueles que comandam o clube.

Por isso, em quase a totalidade dos Estados, a prática do Futebol de Mesa exista mais em clubes Amadores  e Associações Amadoras, filiadas as Federações Estaduais que propriamente nos grandes Clubes.

Pernambuco não poderia ser diferente, desde que nosso Estado se filiou a CBFM – Confederação Brasileira de Futebol de Mesa, lutamos para nossos grandes e tradicionais clubes criem  seus  Departamentos Esportivos de Futebol de Mesa.

Normalmente em todos os clubes por qual passei e consegui implantar o Futebol de Mesa, a condição inicial que solicitei foi apenas um local definido para a prática do esporte, e sempre assumi a responsabilidade por toda a estrutura necessária para a prática do esporte, como por exemplo, campos, cavaletes, barrinhas, bolinhas etc.

Agora em 2012, por sugestão e apoio dos meus filhos que me convenceram de que, para investir do meu bolso e manter um Departamento Amador de Futebol de Mesa em Clube, pagando todas as despesas inerentes a seu funcionamento, eu poderia fazer o mesmo fundando um clube amador, apenas para a prática do Futebol de Mesa.

Então sendo assim, no dia do meu aniversário ocorrido em Novembro passado, reunido com vários amigos e familiares, fundamos o RECIFE ARENA – Clube Armandinho de Futmesa.

A meta agora é a Sede própria e a realização do sonho da ARENA ARMANDINHO.

Para isso precisamos de ter visão, e como dizia Phil Jackson:
"Antes que uma visão possa virar realidade, ela tem que pertencer a todos do mesmo grupo."

Espero de coração, contar com todo grupo de modo a olharmos em uma só direção que é o engrandecimento do Futebol de Mesa.

Sonho que se sonha só é só um sonho, sonho que se sonha junto é realidade.

Abraços e vamos a luta.

Armandinho.

 

A DIRETORIA

Diretoria Executiva

Armandinho
Atleta, Fundador e Presidente

Juliano Ribeiro
Atleta, Vice-presidente e diretor de comunicação

Flávio Afa
Atleta, Primeiro Secretário e diretor de comunicação II

Matheus Tiné
Atleta e Segundo Secretário

João Antonio
Atleta e Tesoureiro

Rafael Aquino
Atleta e Diretor Técnico

Conselho Fiscal

José Moreira
Presidente do Conselho Fiscal

Antônio Francisco
Conselheiro

Albérico Silva
Atleta e Conselheiro

 

O CONCEITO

As cores

Vermelho Grená e Azul Claro

O escudo

A união de símbolos característicos da cidade do Recife, da bandeira de Pernambuco e o símbolo máximo do futebol.

 

Os Uniformes