Armandinho aceita o convite da APFM e mostra por que sempre foi top no Botãobol.

Após cinco anos afastado, sem nem tocar nos botões, volta e bate todo mundo

Neste sábado, dia 23 de fevereiro, o Santa Cruz, de Armandinho, fabuloso botonista de Pernambuco, recebeu o convite para participar do Torneio do 11º Aniversário da Associação Pernambucana de Futebol de Mesa e, depois de mais de cinco anos de ausência das mesas de botãobol, mostrou que quem é rei nunca perde a majestade e de maneira sensacional sagrou-se campeão da competição, com apresentações sensacionais. REGRA PERNAMBUCANA O torneio festivo da APFM contou com a participação de 12 equipes que disputaram os jogos no sistema mata-mata, apresentando uma performance ofensiva espetacular, com a marcação de 78 gols, dando a excelente média de 6,5 gols por partida.

Realizado o sorteio dos jogos, coube ao SANTA CRUZ, de Armandinho enfrentar o SÃO PAULO, de Max Monteiro, no Brasília Stadium, triunfando por 4x3, já mostrando toda a sua força ofensiva e classificando-se para a próxima fase da competição. Também no Brasília Stadium, acontecia a goleada do BOTAFOGO, de Marcos Silva, sobre o YPIRANGA, de Clóvis Sandes, por 6x1. Os Zumbis de Zé do Caixão fugiram desmoralizados ante o brilho da Estrela Solitária. Já no Timbuzão, CHELSEA, de Hugo Alexandre e NÁUTICO, de Abiud Gomes fizeram um jogo com todos os temperos de grande clássico, culminando com a vitória dos Blues, por 4x3, avançando assim para a 2ª fase da competição. O Timbu mais uma vez não levou sorte. COLORADO MOSTRA FORÇA E DESPACHA A BALEIA AZUL A Toca da Raposa foi palco do confronto INTERNACIONAL, de Paulo Jiquiá X VILA BELMIRO, de Albertinho, disputado com muita garra e disposição. No final, lá estava estampado no placar: COLORADO 3 X 2 BALEIA AZUL. Era o fim da linha do VILA BELMIRO, que viu o SACI DA MANGUEIRA seguir em frente na festa de aniversário da APFM. Por sua vez, no Hércules Stadium, o SANTOS, de Adilson Ribeiro, derrotava o PORTO, de Dinoraldo Gonçalves, por 3x2, sendo mais um a prosseguir na competição. O PORTO saiu quietinho, indo ocupar o já consagrado Espaço Toiota, onde chorou a desclassificação. Fechando a 1ª Fase, o FLAMENGO, de Fernando Brito, aproveitou-se da instabilidade do CRUZEIRO, de Marcos Cardoso e chegou ao triunfo de 4x3, jogo decidido na prorrogação, visto que no tempo regulamentar o placar ficou igual em 2x2.

SANTA CRUZ X BOTAFOGO - UMA TEMPESTADE DE GOLS

A 2ª Fase começou quentíssima com as equipes partindo com tudo para chegarem ao triunfo. De saída, SANTA CRUZ, de Armandinho e BOTAFOGO, de Marcos Silva, realizaram um clássico que vai ficar marcado na história do botãobol. Foi um duelo e tanto, com os ataques afiadíssimos, traduzido pelo escore de 7x6, algo quase inacreditável no botãobol. Foi uma partida fantástica. O Tricolor saiu vencedor, mas o Glorioso, atual campeão da APFM, soube honrar suas tradições e, mesmo derrotado, também mereceu aplausos no final pelo belo espetáculo proporcionado. CHELSEA X INTERNACIONAL - OUTRO JOGO FANTÁSTICO Outra partida que causou frisson na plateia ocorreu na Toca da Raposa entre CHELSEA, de Hugo Alexandre e INTERNACIONAL, de Paulo Jiquiá. Os Blues abriram uma larga vantagem em cima do Colorado, chegando o placar a ficar em 6x1. O Saci passou a reagir e começou a preocupar as hostes inglesas. Após sofrer o quarto gol, o Chelsea viu que não podia dar mais vacilo e se segurou mantendo por mais tempo a posse de bola. Acabou a festa colorada e os BLUES chegaram à semifinal, aonde iria se confrontar com o embalado SANTA CRUZ. Fechando a fase, beneficiados pela tabela de jogos, FLAMENGO, de Fernando Brito e SANTOS, de Adilson Ribeiro, já sabiam que o jogo seria decisivo. Quem vencesse iria direto para a partida final, na disputa do título do torneio. MENGÃO X PEIXE - UMA DECISÃO NOS PÊNALTIS O Peixe abriu 2x0, mas o Urubu não se encolheu e devagarzinho foi se aproximando da meta peixeira e em duas bobeadas do alvinegro praiano chegou ao empate, resultado que permaneceu até o término da partida, forçando uma prorrogação que também terminou empatada em 0x0. A decisão partiu para a cobrança de pênaltis e aí o Mengão foi mais feliz, sobrepujando o Santos, por 3x2. Enquanto o FLAMENGO iria medir forças com o SANTA CRUZ, pelo título de campeão, o PEIXE partia para a luta contra os BLUES pela disputa do 3º lugar. Num jogo sem graça, na Toca da Raposa, o CHELSEA, de Hugo Alexandre, de virada, chegou à vitória por 2x1 e ficou com o 3º lugar. O Peixe mostrou que não estava bem preparado fisicamente para aguentar a maratona de jogos. Chegou no limite.

COBRA CORAL ATACA MORTALMENTE O URUBU

O Hércules Stadium se engalanou para receber o jogo da decisão do Torneio de Aniversário da APFM e quem assistiu pode vibrar com a beleza do espetáculo. O SANTA CRUZ, de Armandinho, a cada ataque mostrava que vinha com sede para a conquista, mas o FLAMENGO, de Fernando Brito, respondia à altura e era gol cá e gol lá. No finalzinho, quando o placar estava empatado em 3x3, o Mengão deu mancada e o Tricolor num contra-ataque fulminante chegou à vitória e consequentemente ao título de campeão. Foi um triunfo e tanto. Veio, viu e venceu. Parabéns ao SANTA CRUZ pela bela conquista e por ter deliciado a todos com o desfile dos fantásticos botões de galalite que durante todos esses anos construíram a belíssima história tricolor no mundo mágico do botãobol.

Parabéns à ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DE FUTEBOL DE MESA pelo 11º aniversário, mostrando que continua firme e forte no botãobol e a todo quadro social da APFM que faz com que o botãobol permanece cada vez mais vivo e muito mais encantador. É o verdadeiro futebol de botão arte. No próximo sábado, mais uma festa vai acontecer, com a realização do III OPEN ARMANDO PORDEUS, uma prévia do TORNEIO CHIFRONÉSIO DO RECIFE. Vai ser mais uma guerra e que promete ser das boas. Viva o botão!

FONTE: futeboldemesanews.com.br

1 Comentário

  1. Flávio Azevedo disse:

    Por isso sempre digo!
    Se Armandinho voltar, não tem pra ninguém, imaginem com Moisés Pena, Humberto Arruda, se juntando a Paulo Jiquiá e Marcos Bundão...Iria pegar fogo esse botãobol...Até eu voltaria pra tentar tirar pontos deles!

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *